quinta-feira, 8 de março de 2012

Várias maneiras de superar um término de namoro‏

Em 1º lugar gostaria encarecidamente,  pedir desculpas pra todas as leitoras e leitores - é claro - deste blog... realmente não achei q alguém perdesse seu tempo com isso aqui, mas foi bom saber q não estou escrevendo em vão...rs
Bem... pra quem estava próximo sobe de alguns probleminhas pessoais q eu tive... Não! Eu não vou deixar os distantes na curiosidade..rs
Pra quem não sabe eu tava passando por uma separação e como muitas andei um pouquinho sem norte... acho q já estou conseguindo colocar minha cabeça no lugar agora... conversando com algumas leitoras vi que o problema que estava acontecendo comigo, na realidade acontece com todas... SE VOCÊ AINDA NÃO PASSOU,  COM CERTEZA IRÁ PASSAR!!! - Típica Ley de Murfey...rs - O pior é q é verdade...
Mas sim... Pensando nisso resolvi escrever sobre este assunto... já q por mais que não seja novidade, sempre q acontece nos vemos sem chão e parece q nada mais terá solução... Não é?


“Primeiramente, queria que todos soubessem que esse post foi escrito por alguém que já teve, acabou de ter e ainda terá muitas vezes, um coração partido. Sim! Eu achei uma garota legal. No meio daquela solidão toda, finalmente, depois de conversas, beijos, carinhos, brigas e reconciliações, eu achei uma garota legal que me fazia sentir especial. Depois de tanto procurar, quebrar a cara, sofrer e chorar, eu finalmente achei uma garota legal. Ou pelo menos era isso que eu pensava.
A garota era uma piiiii... (local impróprio para palavrões), como todos as outras. Não entendi o motivo, e nem sei se vou entender um dia, mas…Por que é tão difícil ouvir um “não” sincero, de uma mulher? Qual é a dificuldade em dizer: “Olha, eu nem estou tão afim de você assim, por isso, não espere nada e nem faça nada por mim, pois eu não vou corresponder.”. É sexo que elas querem? Querem nos fazer sentir únicas pra conseguir sexo? Nunca vou saber. Mas também não acho que devo me trancar a 7 chaves, só para descobrir isso. A gente tem que deixar rolar, de acordo com nossa vontade, e principalmente: saber a hora de parar.
Essa é a primeira etapa do processo de cura de um coração partido:

1- Saber a hora de parar

Sou a favor de pessoas sensíveis que pensam com o coração mas não podemos ser burros. Pense nos fatos, coloque tudo numa balança. Você faz tudo pela guria e ela não faz nada por você? Não sacrifica nenhuma vontade, não mexe nenhum palito para te ver, nunca te da oi no msn e só espera que você ligue a convidando para sair e ela diga sim? Ou, pior…Te diz vários nãos, mas você a vence pela insistência? Ok, verifique os sinais com a cabeça (não com o coração) e saiba a hora de parar. Não se humilhe, nem chegue perto disso. Todo mundo tem que ter o mínimo de dignidade, e saber quando deve dar um basta na situação. Se uma guria te deu um bolo, depois que o relacionamento se tornou físico, é porque ela não te leva a sério. Aceite isso e trate ela da mesma maneira, se não, pare. Ninguém nunca dará valor a pessoas fracas, que ficam correndo desesperadamente atrás de alguém.

2- Cortar todos os laços

Ok, chegamos a conclusão de que esta na hora de parar mas…Como fazer isso? É simples, porém não é nada fácil. Quando a guria perceber que você desistiu dela e esta tentando partir pra outra, ela vai te ligar pra pedir desculpas ou apenas pra te chamar pra sair, como se nada tivesse acontecido – se ela não fizer isso, melhor ainda, será mais fácil desencanar da vaca – mas como é quase 100% certo de que ela o faça, não dê chances para isso acontecer. Delete e bloqueie no msn, tire do orkut, facebook, dê unfollow no twitter, segure as pontas para não olhar o que ela anda fazendo, delete o número do celular para não ligar pra ele quando estiver bêbada e esconda TUDO que liga ela a você. (não fique com dó, vocês podem voltar a ser amigas um dia, mas na fase de “abstinência” ela tem que sumir do mapa pra você)

3- Se distrair

Sim, essa é uma das partes mais difíceis. Você foi forte o bastante para cortar todos os laços, mas chegou aquela sexta feira em que sua única vontade é ligar pra guria e falar pra ela ir na sua casa pra vocês ‘fazerem nada juntas’. Mesmo se todas as melhores baladas estiverem rolando, eu entendo que você trocaria tudo para estar com ela mas NÃO. Tente não pensar nisso. Se distraia. Vá fazer coisas que você deixa pra depois há anos. Aceite o convite daquela gatinha mala que te xaveca toda hora no google talk. Saia com sua amiga e a namorada dela, ligue pros amigos que você se afastou e chame-os para uma cervejinha costumeira. Alugue filmes, desenhe, ouça músicas que te lembram coisas boas, chame seus pais pra jantar, faça o que quiser mas..Se distraia, faça qualquer coisa que não te faça pensar nela. Quando se pegar pensando, aprenda a controlar seu pensamento e diga: “Não, não é nela que eu vou pensar. Vou pensar em ___________” (complete com algo do seu interesse).

4- Não comparar

Esse é um estágio mais avançado, depois que você já conheceu outra pessoa (mas continiua apaixonada pela vaca que te partiu o coração). Você conheceu uma gatinha legal, bonitinha, que te da valor, te faz rir, é boanzinha mas... Putz, ele não faz “tal coisa” que o fulano fazia. PARA! Para agora! Não compare o fulano com o atual. Por mais que o atual não pareça ser tudo isso, dê uma chance a ela. Tente lembrar que as pessoas são diferentes, que cada um tem qualidades e defeitos, e tente enxergar o que a fulaninha nova tem de bom. Se não funcionar, parta pra outra. Se não funcionar, parta pra outra. Se não funcionar, parta pra outra mas saiba que não há nada de errado em estar sozinha.

5- Solidão pode fazer bem!

Eu entendo que ninguém quer ficar sozinha depois de um coração partido mas…As vezes é preciso ficar sozinha pra melhorar. Se conhecer, aprender a se dar valor (porque se você não se der valor, ninguém mais vai dar) e entenda que estar sozinha pode ser uma coisa boa. Quando você se pega num momento em que está feliz sem ninguém, você chega a conclusão de que estar sozinha não é o fim do mundo. Eu mesma precisei ficar muito tempo sozinha pra perceber isso. Quando vi que me bastava, que me gostava e que era feliz e auto-suficiente mesmo estando sozinha, foi uma das melhores coisas que já me aconteceram. Então, se dê a chance de ser feliz com você mesmo. Isso te deixa mais bonita, mais alegre, engraçada, ressalta todas as qualidades que você tem e…Todo mundo sabe que alto astral chama alto astral né? Ninguém vai querer pessoas que ficam choramingando pelos cantos porque estão sozinhas. Pessoas fracas só atraem pessoas erradas. Fique bem com você mesmo para estar bem com o resto do mundo, auto-estima é o caminho.
Se você falhar em alguma dessas 5 etapas, não tem problema. Volte ao início e faça tudo de novo. É preciso ser forte. Se a guria realmente te quiser, ela vai dar um jeito de falar com você nem que seja indo até a sua casa, levando flores e gritando pra rua inteira ouvir o quanto ela te ama. E mesmo se ela fizer isso, cuidado, ela pode estar mentindo. Tem gente que vai muito longe para conseguir o que quer. Só o tempo diz se as pessoas mudaram ou não, tomem cuidado e se bastem sozinhos.
Ps. escrevi esse texto direcionado para as mulheres, mas também existe muita mulher cachorra por aí. Todo mundo gosta de ter o ego inflado por alguém e as vezes é difícil perder essa garantia de relacionamento. Então dedico esse texto não só as mulheres, mas a todos os apaixonados incuráveis, que ainda acreditam que encontrarão alguém que realmente valha a pena. Enquanto não achamos a pessoa certa, vamos nos divertir e aprender com as erradas. Não deixe se abater por um coração partido, ele não é o primeiro e nem será o último.”
Bem... espero ter ajudado um pouquinho vcs... pois isso esta me ajudando e muito... Beijos meus amores!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário